11 coisas que destroem o nosso sistema imunológico!

11 coisas que destroem o nosso sistema imunológico!
4.5 (89.52%) 63 votes


A alimentação, o uso de medicamentos, a prática de exercícios físicos regularmente e o ambiente em que vivemos estão diretamente ligados ao nosso sistema imunológico.

Se, por exemplo, uma pessoa consome muito açúcar, é sedentária e vive numa cidade grande, com toda sorte de poluição, com certeza terá dificuldades para manter a imunidade alta.

Vamos apresentar 11 motivos para nossa imunidade cair e, assim, desenvolvermos doenças graves:

1. açúcar

Como já tínhamos dito, o açúcar derruba a imunidade.

Isso acontece porque ele prejudica a absorção de nutrientes preciosos do corpo.

Ou seja, até em quantidades pequenas, ele é prejudicial à saúde.

Entenda: 100 gramas de açúcar equivalem a duas latas de refrigerante – consumir essa quantidade reduz em 40% a atividade de defesa das células brancas do sangue.

O corpo começa a enfraquecer meia hora depois do consumo de açúcar e o processo de queda da imunidade dura até cinco horas.

Isso significa que se você consumir doce pela manhã, à tarde e à noite, seu corpo entrará num processo caótico e crônico.

Pior do que isso: o açúcar impede a absorção de nutrientes.

2. Noites maldormidas

Todo mundo precisa dormir a quantidade certa e com qualidade.

Caso contrário, a imunidade também será atingida, pois aumenta a chance de resfriados e infecções.

O que acontece é que a insônia aumenta a tensão do corpo, enquanto a boa noite de sono, segundo pesquisadores, fortalece a imunidade, graças à produção de melatonina.

Para quem não sabe,  a melatonina é uma verdadeira barreira contra radicais livres e é duas vezes mais eficiente do que a vitamina E, quando o assunto é atrasar o envelhecimento.

3. Vacinas

Muitos médicos discordam, mas a medicina natural entende que as vacinas enfraquecem o sistema imunológico.

Elas são cheias de substâncias químicas e de metais pesados, como o mercúrio, o que faz nossa vitalidade cair.

Além disso, a vacina também desequilibra o nível de anticorpos, causando uma série de sintomas ruins.

Em resumo, as vacinas podem ser uma necessidade, mas contribuem para o desequilíbrio do organismo.

4. Drogas

Muitas drogas impedem o corpo de se proteger contra doenças, infecções e vírus.

Além disso, a maioria das drogas possui uma grande quantidade de toxinas, o que é péssimo para o corpo.

5. Álcool

O consumo regular de álcool a longo prazo produz consequências graves na saúde física e mental de cada um.

Todo mundo já deve saber que dois dedos de vinho diariamente é bem recomendado para a saúde cardiovascular e cerebral.

No entanto, um estudo realizado na University Rutgers mostrou que o consumo constante pode reduzir a produção de células cerebrais em até 40%.

Além disso, o excesso de álcool produz deficiência nutricional e uma grande redução de células brancas do sangue.

Esse tipo de bebida é agressivo às enzimas necessárias para a digestão, além de ser péssimo para o fígado.

6. Grãos refinados

Farinha branca, arroz instantâneo, macarrão enriquecido e muitos tipos de fast food contêm poucos nutrientes e pouca fibra.

Essa é uma das razões pela qual o consumo excessivo e prolongado de cereais refinados e alimentos altamente processados enfraquece nosso sistema imunológico.

Esses pseudoalimentos são cheios de aditivos químicos, pesticidas e conservantes.

O American Journal of Clinical Nutrition publicou artigo revelando que, nas primeiras cinco horas, após a ingestão de 100g de  alimentos processados, as células brancas do sangue são muito reduzidas.

7. Estresse crônico

O estresse precisa estar sob controle, pois o excesso pode aumentar o nível de cortisol, que é muito ruim para a saúde.

O estresse crônico abre espaço para resfriados e doenças mais graves, como diabetes e problemas no coração.

Para evitar esse problema, pratique meditação, oração e ioga.

8. Deficiência de vitamina D

A vitamina D pode neutralizar células cancerosas.

Por outro lado, a deficiência dessa vitamina pode enfraquecer o sistema imunológico, aumentando a probabilidade de desenvolvermos doenças graves.

Uma prova disso é que as pessoas  que vivem perto da linha do Equador têm um impacto muito menor de doenças causadas pela carência da vitamina D, que todo mundo já sabe que pode ser encontrada facilmente na luz solar.

Bastam 30 minutos de exposição sem camisa.

Isso equivale a cerca de 10.000 unidades (UI) de vitamina D.

9. Desidratação

A falta de água pura pode afetar a nossa energia, a capacidade de dormirmos bem, a possibilidade do corpo em expulsar toxinas e, é claro, o sistema imunológico.

10. Ansiedade e medo

As emoções negativas podem afetar as funções do organismo, assim como o estresse.

O cortisol é ativado, há alterações nos níveis hormonais e nossas células ficam impedidas de se defenderem.

11. Aditivos alimentares e toxinas industriais

Conservantes e corantes utilizados pelas indústrias de alimentos estão entre as principais causas de asma, câncer e muitas outras doenças.

O consumo desses aditivos é altíssimo, causando, a cada ano, novas vítimas de tumores, malformações congênitas e reações alérgicas.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.



Source link

Add Comment