Canela para Diabetes – Benefícios, Chá, Como Usar e Dicas

Canela para Diabetes – Benefícios, Chá, Como Usar e Dicas
4.5 (89.52%) 336 votes


Utilizada no preparo de bebidas como chás e vitaminas e de pratos culinários como mingau, biscoitos, tortas e bolos, a canela também é conhecida pelos benefícios que traz em relação à saúde. A especiaria é fonte de antioxidantes, possui propriedades anti-inflamatórias e contribui com o combate a infecções provenientes de fungos e bactérias.

Mas além disso tudo, você sabia que o ingrediente também já foi associado a alguns efeitos relacionados a diabetes? Vamos conferir como funciona esse uso da canela para diabetes abaixo.

O uso da canela para diabetes 

Antes de entrarmos mais fundo no assunto, vai um breve resumo sobre a condição: ela é caracterizada pelo descontrole dos níveis de glicose no sangue e surge quando o corpo não é capaz de produzir insulina ou não consegue utilizar adequadamente o hormônio que produz.

Em tempo: o hormônio insulina é responsável por atuar justamente no controle da quantidade de açúcar que é encontrada no sangue.

Uma das possibilidades de benefícios da canela para diabetes foi apresentado em um artigo publicado no ano de 2010 no Journal of Diabetes Science and Technology (Jornal de Ciência e Tecnologia do Diabetes, tradução livre).

A publicação em questão indicou que a canela pode colaborar ao limitar a elevação das taxas de açúcar no sangue.

Outras pesquisas 

No ano de 2011, o Journal of Medicinal Food (Jornal da Alimentação Medicinal, tradução livre) publicou uma espécie de levantamento de estudos referentes aos efeitos da canela em relação aos níveis de açúcar no sangue.

Os pesquisadores do levantamento descobriram que os estudos relacionados à ação da especiaria normalmente mostravam que a inclusão da canela na dieta contribuía com a diminuição dos níveis de glicose no sangue e das oscilações das taxas de açúcar no sangue em pessoas com pré-diabetes e diabetes do tipo 2.

Medicina chinesa

Além disso, a canela é utilizada na medicina chinesa para tratar quadros de níveis elevados e irregulares de açúcar no sangue.

Como a canela pode atuar na diminuição dos níveis de açúcar no sangue? 

De acordo com o Authority Nutrition, isso acontece porque a canela parece diminuir a quantidade de glicose que entra na corrente sanguínea depois da realização de uma refeição. Acredita-se que o mecanismo que dá origem a esse resultado é a interferência da especiaria com diversas enzimas digestivas.

Outro ponto de atuação da canela para diabetes é que pesquisas publicadas nos anos de 1998 e 2001 e feitas por pesquisadores americanos mostraram a existência de compostos na canela que atuam de maneira parecida com a insulina.

Com isso, ocorre uma melhoria na captação de glicose por parte das células, ainda que a ação seja bem mais lenta que a do hormônio. Vale lembrar que a insulina atua no controle das taxas de açúcar no sangue.

Melhora da sensibilidade ao hormônio insulina 

Além disso, ainda conforme informações do Authority Nutrition, pesquisas divulgadas nos anos de 2008 e 2010 e que foram realizadas por cientistas americanos, mostraram que a especiaria diminui significativamente a resistência ao hormônio insulina.

E por que isso é importante? Porque a resistência à insulina é conhecida justamente uma das características da diabetes.

Como usar a canela para diabetes 

Ainda que existam evidências que apontem os benefícios da canela para diabetes, é fundamental que a sua utilização seja feita após uma conversa com o médico que acompanha o tratamento do caso e mediante à autorização do profissional, respeitando suas indicações referentes às porções da especiaria.

Isso porque existe a possibilidade de que o ingrediente interaja com medicamentos que são prescritos para o tratamento da condição. Por exemplo, se o paciente já utiliza medicamentos que reduzem os níveis de açúcar no sangue, o uso da canela pode resultar em uma diminuição muito drástica.

Isso pode dar origem a um quadro de hipoglicemia, que é justamente provocado pela baixa concentração de glicose no sangue e que pode vir acompanhado de sintomas como confusão mental, dificuldade de fazer tarefas simples do dia a dia, palpitação, tremor, suor frio, fome excessiva e formigamento ao redor da boca.

A mesma recomendação serve para quem deseja usar suplementos de canela – é preciso falar com o médico para saber se não existe o risco de uma interação.

Cuidado: não há garantias de resultados 

Ainda não está claro que a canela é realmente boa para diabetes. Isso porque enquanto alguns estudos, como os que citamos no decorrer deste artigo, mostraram que a especiaria atua neste sentido, outros concluíram que a canela não reduz os níveis de glicose no sangue.

Além disso, a Associação Americana de Diabetes descarta a utilização da canela para diabetes. A instituição enfatiza que as pesquisas sobre os efeitos da especiaria são conflitantes e considera que não existem evidências suficientes para confirmar a existência de benefícios da canela para ajudar a tratar a diabetes.

Sobre as diferenças nos resultados dos estudos, a organização explica que pesquisadores afirmam que isso pode acontecer por conta da fonte de canela utilizada e das formas pelas quais a especiaria é extraída.

Para quem procura a diminuição de seus níveis de glicose no sangue, a Associação Americana de Diabetes recomenda seguir uma dieta para diabetes, ser uma pessoa ativa fisicamente e tomar todos os remédios prescritos por seu médico para tratar a condição.

Ainda assim, a canela é considerada um ingrediente seguro para pessoas com diabetes, a não ser que esta pessoa sofra com outras condições que podem ser prejudicadas pelo uso da especiaria, como você poderá conferir com mais detalhes no tópico sobre os cuidados com a canela mais abaixo.

Como fazer chá de canela 

Ingredientes:

  • 1 canela em pau;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo:

  1. Colocar a canela em pau dentro de uma panela com a água e levar ao fogo para ferver durante cinco minutos;
  2. Desligar o fogo, esperar ficar morno e tirar a canela em pau. Se desejar, adoçar de acordo com a sua preferência, e servir-se.

Cuidados com a canela 

É importante saber que a canela é um ingrediente que exige certos cuidados em relação ao seu consumo. Por exemplo, ela não é recomendada para pessoas que sofrem com hipertensão e problemas cardíacos porque a especiaria pode acelerar os batimentos do coração.

A canela também não é indicada para mulheres grávidas porque pode causar o relaxamento do útero e provocar abortos. Mulheres que estejam em processo de amamentação de seus bebês também não devem consumir a canela e quem tem problemas nos fígados ou rins deve consultar o médico antes de ingerir a especiaria.

Pessoas que foram diagnosticadas com rosácea, uma doença da pele que causa vermelhidão na pele e lesões inflamadas em regiões como as bochechas, o nariz e o queixo, também devem evitar o consumo da especiaria. Isso porque a canela pode piorar os sintomas da condição.

A canela ainda deve ser consumida com moderação por conta do risco de causar danos ao fígado. A recomendação é ingerir no máximo 6 g ou 1 ¼ de colher de chá da especiaria diariamente.

Referências adicionais:

Você já tinha ouvido falar do uso da canela para diabetes? Já foi diagnosticado com a condição, e utilizou a especiaria no tratamento? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading…



Source link

Add Comment