Cientista brasileiro guarda carta assinada por Stephen Hawking | Vale do Paraíba e Região

Cientista brasileiro guarda carta assinada por Stephen Hawking | Vale do Paraíba e Região
Rate this post


O cientista brasileiro Odylio Aguiar guarda há 30 anos uma carta assinada por Stephen Hawking. Ele recebeu a correspondência em resposta a uma mensagem para o físico em que pedia para traduzir para língua portuguesa o livro “Uma breve história do tempo”, famosa obra do britânico Hawking, best seller lançado em 1988.

Odylio é pesquisador no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em São José dos Campos, e dedica as atividades a temas como buracos negros e a detecção de ondas gravitacionais. Ele conheceu as descobertas de Stephen por meio do livro. “Eu passei a respeitá-lo porque gostei muito da obra, por isso me voluntariei para traduzí-la”, contou.

A carta com o pedido de tradução foi enviada em junho de 1988 e alguns dias depois ele teve o retorno de Hawking, em uma carta assinada pelo físico. “Eu fiquei muito contente por ele ter me respondido, isso me incentiou a continuar na ciência”, disse Aguiar, que na época morava nos Estados Unidos.

Na resposta, Stephen agradeceu o contato, mas explicou que os direitos de tradução em português já haviam sido vendidos para uma editora e recomendou que ele falasse diretamente com ela.

Apesar de não ter conseguido fazer a tradução, como desejava, Odylio guarda com carinho a carta assinada por Stephen. “Ele foi um cientista que eu respeitava muito”.



Source link

Add Comment