Cuidados após o ataque de um animal | Bem Estar

Cuidados após o ataque de um animal | Bem Estar
Rate this post


O que fazer se você for mordido por um cachorro? A coordenadora da UTI de doenças infecciosas do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, da Universidade de Pernambuco, Ana Flávia Campos explicou no Bem Estar desta quarta (9) que a primeira providência é descobrir se o animal foi vacinado contra a raiva.

Na maioria dos casos, a doença é 100% letal. O vírus presente na saliva do animal entra nos nervos periféricos e chega ao cérebro, o que pode demorar até um ano sem causar sintomas. Mas não são só os cachorros que transmitem a raiva. Qualquer mamífero pode transmitir a doença: cachorro, gato, vaca, cavalo, coelho, morcego.

Os primeiros sinais da doença são alterações de comportamento, espasmos no contato com água e vento. Há quatro ciclos na transmissão: ciclo aéreo (morcegos); ciclo rural (animais de produção); ciclo urbano (cães e gatos); e ciclo silvestre (saguis, cachorros do mato, raposas, guaxinins, entre outros).

Caso tenha sido mordido por algum animal, a primeira providência é lavar bem com água e sabão. Em seguida, procure um posto de saúde para um médico avaliar a mordida. É importante colher informações sobre o animal – se tomou vacina antirrábica, por exemplo.

E como entender o comportamento animal? A veterinária Joice Peruzzi deu dicas no programa. Ela lembrou que, em caso de ataque, não é recomendável correr se o animal facilmente puder alcançar a vítima, pois isso só vai aumentar a agressividade. O correto é adotar posturas de proteção. No ataque, use água, barulhos fortes ou suspenda as patas traseiras para que o animal solte a vítima. Coleira adequada é obrigatória e pode evitar um ataque.

Reveja o programa desta quarta:



Source link

Add Comment