Ele Perdeu 105 Kg em Busca de uma Melhor Qualidade de Vida

Ele Perdeu 105 Kg em Busca de uma Melhor Qualidade de Vida
Rate this post


Pedro Gomez Jr. tem 43 anos de idade hoje, pesando 85 kg. Ele já chegou a 190 kg e decidiu mudar de vida quando seu médico o recomendou uma cirurgia de bypass gástrico, já tendo presenciado seus 2 avós falharem nesta tentativa.

Abaixo, ele conta como conseguiu mudar de vida e superar a perda dos avós, da mãe e até do emprego para seguir na luta e hoje ser uma pessoa saudável e feliz.

Como eu engordei

Quase toda a minha vida, eu estive acima do peso ou obeso. As crianças na escola costumavam fazer piadas sobre mim, e eu não tinha autoestima e não tinha metas para a minha vida. Eu sofria de uma leve dificuldade de aprendizagem quando eu era mais jovem que, juntamente com o meu peso, me impedia de ir a festas ou praticar esportes. Quando eu tinha 21 anos, eu já tinha atingido a marca de 135 kg. Em 2005, meu peso tinha chegado a 190 kg.

Eu quase não tinha amigos. Fora do meu trabalho, eu era uma pessoa triste e miserável. Eu usava a comida para confortar minhas emoções. Minhas porções saíram completamente fora do meu controle. Os alimentos que eu comia eram principalmente fritos, práticos e nada saudáveis. Eu era um chamado comedor emocional, e muito disso devido à morte do meu pai, quando eu tinha apenas 5 anos de idade. Eu nunca conheci o meu pai. Isso me machucou tanto, que eu olhe para a comida como uma cura.

O ponto de ruptura

Meu médico a princípio me aconselhou a cirurgia de bypass gástrico, mas depois de ver os meus dois avós falhando em suas cirurgias, eu me recusei realizar qualquer cirurgia. Então, em 21 de janeiro de 2006, um dia depois do meu 34º aniversário, participei da minha primeira reunião do Vigilantes do Peso como um presente de aniversário para mim mesmo.

Como eu emagreci

Depois da minha primeira reunião, eu sabia que o programa ia funcionar para mim porque ele me ensinou muito sobre alimentação saudável e cozinhar minhas próprias refeições e ainda me permitiu comer os alimentos que eu amo, com moderação e em pequenas porções.

No entanto, muitos dos alimentos que eram os meus favoritos na época, como frango frito, não estão mais no meu cardápio hoje. Eu como mais frutas, legumes, grãos integrais, frango grelhado, salmão e de vez em quando, eu planejo com antecedência desfrutar uma pizza ou um hambúrguer ocasionalmente.

Quando eu estava com 190 quilos, eu quase não conseguia andar. Eu tentava caminhar por 20 minutos na esteira e fazia natação na piscina. Conforme eu fiquei mais forte, eu adicionei a musculação, e depois que eu alcancei o meu objetivo mais de 3 anos depois, comecei a fazer aulas de spinning. Eu também completei minha primeira corrida de 5K em 2009, na Brooklyn Bridge. Nesse mesmo ano, participei de uma equipe de softball.

Mas a minha jornada veio com muitos desafios. Eu sofri quatro perdas durante a minha jornada de perda de peso: minha avó, meu avô, meu emprego à época e minha mãe. Essas tragédias transformaram minha vida de cabeça para baixo e tornaram mais difícil permanecer nos trilhos.

Eu ganhei 10 quilos de volta devido à falta de sono e ao estresse. Eu não conseguia ir para a academia, e minha vida social foi destruída.

Mas eu usei meu tempo sem trabalhar para voltar à minha meta de peso. Eu comecei a construir uma enorme coleção de DVDs de exercícios, e coloquei-os ao lado da minha televisão como uma forma de me certificar de que conseguiria praticar um treino a cada dia.

Meu exercício diário depende de quanto tempo eu tenho. Por exemplo, um dia eu poderia ter 45 minutos, no outro dia, 10 minutos, mas eu caminhava bastante durante o dia.

Recentemente, voltei para a academia e a trabalhar em tempo integral. Eu ainda lancei um negócio paralelamente como um treinador de equipe para ajudar outros a conseguirem o mesmo sucesso que eu tive.

Eu passei de uma camisa tamanho 5G a M. Fui de um tamanho 60 de calças para o 34. Eu durmo muito melhor agora. Eu sou muito mais ativo do que nunca. Espero escrever um livro sobre minha vida em algum momento no futuro próximo. E compartilho a minha jornada no blog da comunidade do Vigilantes do Peso, na minha página no Facebook e no meu novo canal no YouTube.

A realidade é que não há linha de chegada nessa jornada pela perda de peso, porque durante a manutenção, ela continua. Mas eu estou tão ansioso para descobrir o que o futuro reserva para mim. Eu estou na minha melhor saúde e tenha mais energia do que já tive em toda a minha vida. Eu encontrei a pessoa que eu estava destinado a ser e continuo a construir a vida que eu mereço viver. Tem sido um processo lento e constante para mim. Tem sido uma luta. No final das contas, eu posso ter passado por muita coisa, mas eu cumpri muito, também.

Você conhece a história de alguém que tenha perdido tanto peso quanto este homem? Compartilhe conosco abaixo nos comentários!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading…



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *