Etíope é eleito novo diretor da Organização Mundial da Saúde | Bem Estar

Etíope é eleito novo diretor da Organização Mundial da Saúde | Bem Estar
Rate this post


Tedros Adhanom Ghebreyesus será o primeiro africano à frente da OMS. Ex-ministro da saúde da Etiópia recebeu 133 votos dos 185 estados membro.

Tedros Adhanom Ghebreyesus vai ser o novo diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), substituindo a chinesa Margaret Chan  (Foto: Valentin Flauraud/Keystone via AP)Tedros Adhanom Ghebreyesus vai ser o novo diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), substituindo a chinesa Margaret Chan  (Foto: Valentin Flauraud/Keystone via AP)

Tedros Adhanom Ghebreyesus vai ser o novo diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), substituindo a chinesa Margaret Chan (Foto: Valentin Flauraud/Keystone via AP)

O etíope Tedros Adhanom Ghebreyesus foi escolhido, nesta terça-feira (23), como o novo diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), substituindo a chinesa Margaret Chan, que concluirá seu mandato à frente da agência da ONU no dia 30 de junho.

Tedros já foi ministro da saúde e ministro das relações exteriores da Etiópia e recebeu 133 votos dos 185 estados membro. Ele será o primeiro africano à frente da OMS. “É um dia de vitória para a Etiópia e para a África” disse à Reuters o embaixador da Etiópia Negash Kebret Botora.

Durante o processo de eleição, que ocorreu nesta terça-feira na 70ª Assembleia Mundial da Saúde da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus recebeu um apoio amplo por parte dos países-membro da OMS para liderar a instituição nos próximos cinco anos.

Em fim de mandato, Margaret Chan defendeu, nesta segunda-feira, sua trajetória de 11 anos à frente da agência, considerando que o mundo está “mais bem preparado”, mas “não o suficiente”, para responder a epidemias.



Source link

Add Comment