Febre amarela: capital de São Paulo confirma 13 casos e 7 mortes – Notícias

Febre amarela: capital de São Paulo confirma 13 casos e 7 mortes – Notícias
Rate this post




A secretaria municipal de saúde de São Paulo confirmou mais um caso de febre amarela na capital. Uma mulher que não teve o nome divulgado, de 28 anos, moradora do distrito administrativo Cachoeirinha, na zona norte, área próxima ao Parque da Cantareira.


De acordo com a secretaria, a mulher está bem, recebeu alta depois de passar 16 dias internada.


Até o momento, 13 pessoas foram infectadas pelo vírus da febre amarela dentro da cidade de São Paulo, nove homens e três mulheres. Destes pacientes, sete morreram.


A maioria das vítimas morava na zona norte, a primeira região da capital a receber a campanha de vacinação contra a febre amarela, em setembro do ano passado – mas nenhuma das pessoas infectadas tinha tomado a dose.


Leia também: Quem não pode tomar a vacina da febre amarela


A campanha de vacinação contra a febre amarela termina no dia 30 de maio. Apesar da vacina estar disponível em todos os postos de saúde de São Paulo, pouco mais de metade da população, 55,4%, buscaram a imunização. Ainda faltam mais de 5 milhões de pessoas. A meta da secretaria de saúde é vacinas 95% dos moradores.


Para tomar a vacina, basta ir até um unidade de saúde com um documento com foto e, se possível, o cartão SUS e a carteirinha de vacinação. Clique aqui para ver qual é a UBS mais perto da sua casa.


Aumenta o número de casos confirmados no Brasil


De julho do ano passado até a última terça-feira (24), 364 pessoas morreram e 1.218 foram infectadas pela febre amarela no Brasil, de acordo com o último boletim do Ministério da Saúde. Em uma semana, 22 mortes e 61 novos casos confirmados.


Os casos confirmados nesse período se concentram em cinco estados brasileiros: Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Distrito Federal, nessa ordem.


Há 6.356 notificações da doença em todo o país; 3.496 foram descartadas, mas 1.642 ainda estão sob investigação. Apenas três estados não apresentam suspeita da doença: Sergipe e Roraima.


Vacina em todo o Brasil


Por decisão do Ministério da Saúde, a vacina contra a febre amarela vai ser oferecida em todo o território nacional. Isso inclui estados das regiões Nordeste e Sul, que estão fora da área de recomendação da vacina. Estes estados receberam doses completas como medida preventiva.


A vacinação vai acontecer de forma gradativa. Na região Sul, deve começar em julho; na região Nordeste, em janeiro de 2019.


Esses estados receberão doses plenas, ao contrário de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia. Isso porque, tanto na região sul quanto na região nordeste, de acordo com protocolo da Organização Mundial de Saúde (OMS), se trata de vacinação preventiva e não epidêmica.


Com a ampliação, devem ser vacinadas 77,5 milhões de pessoas em todo o país. O quantitativo corresponde à estimativa atual de pessoas não vacinadas nessas novas áreas, de acordo com o governo.


Entenda as diferenças entre febre amarela, dengue, gripe, zika e chikungunya:







Source link

Add Comment