Menstruação e Exercícios – Faz Mal Malhar Menstruada?

Menstruação e Exercícios – Faz Mal Malhar Menstruada?
Rate this post


A musculação é aquele ciclo que pode começar a acompanhar a mulher geralmente a partir dos 11 a 12 anos de idade e permanece na vida dela até seus 48 a 52 anos. Ela acontece quando há a descamação das paredes internas do útero em decorrência da ausência de fecundação.

O endométrio é a membrana interna do útero, tem a sua superfície rompida e excretada no formato de um fluido de sangue. Geralmente, cada ciclo menstrual dura 28 dias, com o período de excreção sanguínea acontecendo de três até sete dias, ainda que algumas mulheres possam apresentar quantidades de duração diferentes a essas.

E quem é mulher sabe bem que a menstruação não é exatamente simples. Além das malvadas cólicas, ela pode vir acompanhada da chamada Tensão Pré-Menstrual, que de acordo com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), atinge 90% das mulheres.

Os sintomas da TPM podem ser tanto físicos quanto emocionais, e podem incluir: ansiedade, nervosismo, oscilações de humor, dor de cabeça, retenção de líquido, dores nos seios, inchaço, cansaço, vontade incontrolável de comer doces ou salgados, pouca concentração, lapso de memória, baixa autoestima, depressão, ganho de peso, alterações nos hábitos intestinais, fogacho, suor frio, náusea, reações alérgicas, acne e infecções do trato respiratório.

Porém, além disso, você já parou para pensar em outras maneiras que a menstruação e os efeitos que ela traz afetam a vida de uma mulher? Por exemplo, qual é a relação entre a prática de exercícios físicos e o período menstrual?

Faz mal malhar menstruada? 

Não é possível afirmar que faz mal malhar menstruada até porque a única pessoa que pode decidir se dá para se exercitar durante o período menstrual é a mulher em questão.

A forma como cada mulher se sente pode variar e cada uma pode experimentar diferentes sintomas em diferentes intensidades. A melhor forma de fazer com que o período não prejudique a rotina de exercícios é saber escutar o que o corpo fala.

Se por um lado é possível continuar com os treinamentos enquanto está menstruada, para quem sofre com cólicas e sente-se bastante cansada, uma alternativa é diminuir a intensidade do treino e fazer exercícios mais leves.

Até porque a prática de atividades físicas pode ser útil para melhorar o humor, diminuir as dores, fazer com que a mulher se sinta menos letárgica e aliviar a ansiedade, as fadigas e as dores de cabeça.

Entretanto, caso a mulher de sinta muito mal e perceba que não dá para treinar, mesmo em ritmos menos intensos, não há nada de errado em tirar uns dias para descansar. Ela provavelmente saberá quando seu corpo não dá conta de treinar.

Assim, é melhor descansar e deixar o corpo se recuperar para, só depois, voltar com força e foco total aos treinamentos, do que forçar e maltratar o próprio corpo, correndo o risco de que se sinta ainda pior após o treino.

E nos casos em que as dores e incômodos são severos, no lugar de ir para a academia, é fundamental buscar ajuda do médico.

Dicas de exercícios para o período menstrual

Também é importante saber que não existe uma proibição – a ginecologista e professora de obstetrícia e ginecologia da Universidade Northwestern disse que não há uma evidência científica que determine que a mulher não pode treinar enquanto estiver menstruada.

Assim, sabendo que não é uma regra que evidencie o fato de que faz mal malhar menstruada, agora vamos conhecer alguns tipos de exercícios que podem ser vantajosos durante o período menstrual das mulheres que se consideram aptas para se exercitar.

– Exercícios aeróbicos

Fazer 30 minutos de exercícios aeróbicos como caminhada pode ajudar a aliviar as cólicas, o inchaço e as alterações de humor. O nível de intensidade do treino deve ser moderado. Vale lembrar que a atividade física também acelera a circulação sanguínea, o que pode ajudar a amenizar as dores de cabeça, outro sintoma associado à TPM.

– Yoga

As técnicas de respiração e relaxamento da prática podem auxiliar a aliviar o estresse e a tensão e a aumentar o fluxo sanguíneo e de oxigênio ao longo do corpo, o que acalma o sistema nervoso. Os alongamentos da yoga que acionam o abdômen ainda podem contribuir para amenizar dores nos músculos do útero.

Por outro lado, o fisiologista de exercícios e personal trainer Greg Justice afirmou que as poses invertidas da yoga em que a praticante ficada apoiada sobre os ombros ou a cabeça devem ser rejeitadas durante o período menstrual.

A explicação é que isso pode causar a chamada congestão vascular no útero, que resulta em um fluxo menstrual excessivo e, consequentemente, no aumento das cólicas. 

– HIIT

Para as mulheres que se sentem aptas a treinar, uma alternativa é o Treino Intervalado de Alta Intensidade. Segundo o que a PhD e fisiologista de exercícios Stacy Sims, quando o período menstrual inicia, os níveis de estrogênio e progesterona caem. Com isso, é possível acessar fontes de energia como os carboidratos e o glicogênio com mais facilidade e aproveitar melhor o treino HIIT.

Você sente que faz mal malhar menstruada? Costuma ir à academia fazer exercícios durante este período? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading…



Source link

Add Comment