Por que comer mais gordura é mais prejudicial para os homens do que para as mulheres? – Notícias

Por que comer mais gordura é mais prejudicial para os homens do que para as mulheres? – Notícias
Rate this post


As gorduras são essenciais em nossa dieta e especialistas recomendam que elas respondam por 20% a 30% das calorias que consumimos diariamente.

Mesmo assim, é de conhecimento geral que comer muita gordura pode ser prejudicial para a saúde.

Mas você sabia que o impacto em seu corpo vai depender se você for homem ou mulher?

Conheça 5 motivos que provocam os pneuzinhos e saiba como se livrar da gordura “extra”

Essa é a conclusão de um estudo recente que acompanhou vários indivíduos de ambos os sexos.

Durante uma semana, os participantes consumiram em excesso alimentos com alto nível de gordura tipo Omega-6, como salsichas e salgados.

Os pesquisadores também analisaram como a ingestão afetou a capacidade deles de controlar o nível de açúcar no sangue.

É possível queimar mais gordura sem fazer mais exercício?

A médica Zoe Williams decidiu se submeter ao experimento para a BBC.

Ela pediu ao responsável pelo estudo, Matt Cocks, da Universidade Moores em Liverpool, no Reino Unido, que não só repetisse os testes com ela, como participasse deles.

Antes de começar, foram medidos os níveis de gordura e de açúcar no sangue dos dois.

Zoe e Cocks também precisaram carregar monitores portáteis de glicose, para registrar a evolução do nível de açúçar no sangue durante a semana em que a pesquisa foi realizada.

Além disso, eles tiveram de comer 50% a mais de gordura do que o normal, da seguinte forma:

Café da manhã: três ovos, 30 gramas de queijo cheddar, 60 gramas de linguiça, 10 gramas de manteiga.

Almoço: 10 gramas de manteiga, uma rosca de queijo com cebola, um salgadinho à base de porco e dois pedaços de queijo.

Jantar: 150 gramas de bacon de porco, 30 gramas de queijo cheddar, 60 gramas de salada de repolho e três pastéis fritos de batata.

Ceia: uma lata de Coca Cola e 30 gramas de nozes BBC Matt teve mais dificuldade para controlar nível de sangue no corpo após dieta rica em gordura do que Zoe

Açúcar no sangue

Além da variação de peso, os monitores de glicose mostravam se a dieta estava afetando a capacidade de ambos para eliminar açúcar do sangue.

Para Zoe, não houve qualquer problema.

Mas para Matt a capacidade para eliminar o açúcar piorou em 50%.

O resultado do estudo conduzido pelo especialista com outros participantes havia sido semelhante, e, em média, a capacidade para metabolizar o açúcar nos homens que se submeteram à dieta rica em gordura piorou 14%.

“Um dos primeiros passos rumo à diabetes tipo 2 é a deterioração do controle da glicose”, explica o médico após o experimento.

“No meu caso, piorou seriamente a capacidade para controlar o nível de açúcar e, se eu tivesse continuado assim por um tempo prolongado, provavelmente teria desenvolvido diabetes tipo 2”, reconhece.

O experimento ajuda a entender por que esse tipo de diabetes afeta mais homens do que mulheres.

A dieta submetida por Zoe e por Cocks foi extrema, mas as mesmas consequências – embora em menor grau – podem ser sentidas por pessoas que consomem muita gordura regularmente, sobretudo homens.

Diante disso, o que devemos fazer?

A melhor recomendação é ter uma dieta balanceada, aliada, se possível, à prática de exercícios físicos.

“Se você come e depois faz exercício, vai começar a queimar o que ingeriu”, explica Cocks.

“Dessa forma, se seu almoço for rico em açúcares e gorduras, você pode contrabalancear seus efeitos negativos com uma leve caminhada depois”, completa.

BBC Brasil – Todos os direitos reservados – É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC



Source link

Add Comment