Sobe para 137 o número de mortes causadas por febre amarela em Minas – Notícias

Sobe para 137 o número de mortes causadas por febre amarela em Minas – Notícias
4.4 (88.74%) 174 votes


A Ses (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais) divulgou, na tarde desta quarta-feira (29), que subiu de 123 para 137 o número de mortes confirmadas por febre amarela no Estado, neste ano. Segundo a pasta, outros 64 óbitos suspeitos ainda estão sendo investigados.

Saiba quem deve se vacinar

Até o momento, em todo o Estado, 376 doentes já tiveram diagnóstico positivo para Febre Amarela. Embora exista ocorrências em 57 cidades mineiras de todas as regiões, a maior está localizada no leste do Estado. Dos 137 pacientes que evoluíram a óbito, 90,5% são homens, com idade média de 45,3 anos. Segundo a Ses, a maioria das pessoas que tiveram casos suspeitos começaram a apresentar os sintomas entre os dias 8 e 21 de janeiro.

Até o momento, 104 municípios mineiros confirmaram morte de macacos contaminados com a doença. Em Belo Horizonte, até o momento, três primatas mortos tiveram diagnóstico positivo para febre amarela. Outras 20 notificações ainda estão sendo investigadas. A SMSA (Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte) ressalta que os macacos não transmitem a doença e, assim como os humanos, são vítimas. Ela é transmitida para humanos quando um mosquito das espécies Haemagogus e Sabathes picam as pessoas após picar um primata não humano contaminado. Desse modo, a morte de macacos é um indicador importante de possíveis áreas de proliferação às quais o poder público deve voltar as atenções. Em ambiente urbano, a doença também pode ser transmitida pelo Aedes aegypti – o que até o momento não há relatos em Minas Gerais.

Acompanhe a cobertura de surto de febre amarela no Brasil

A Prefeitura de BH informou que está executando todas as medidas necessárias para proteger a população e minimizar o risco de transmissão da febre amarela. Entre as ações, está a aplicação de inseticidas (conhecido como fumacê), em áreas de risco, a ampliação de postos e horários de vacinação e trabalhos de conscientização com a população. Até o momento, 556 mil pessoas receberam a vacina contra a Febre Amarela em Belo Horizonte.

Cinco centros de vacinação extras foram criados na capital e estão funcionando com horário estendido. Saiba onde ficam eles:

– PA Centro Sul
Rua Domingos Vieira, 484 – Santa Efigênia
Segunda a sexta-feira, das 7h30 às 20h30

– Serviço de Atenção ao Viajante
Rua Paraíba, 890 – Savassi
Segunda a sexta-feira, das 9h às 12h / 13 às 20h30

– UPA Venda Nova
Rua Padre Pedro Pinto, 175 – Venda Nova
Segunda a sexta-feira, das 7h30 às 20h30

– CEREST Barreiro
Rua Pinheiro Chagas, 125 – Barreiro
Segunda a sexta-feira, das 8 h às 20h30

– Centro de Saúde Noraldino de Lima
Avenida Amazonas, 4373 – Nova Suíça
Segunda a sexta-feira, das 9h às 20h30



Source link

Add Comment