Te encontrei meu amor

Rate this post

Te encontrei meu amor

Te encontrar era um medo, um medo de receber um adeus, sim era sim, mas ao mesmo tempo havia uma desejo ardente de estar entre seus braços.
Era sempre essa luta do ser e do não ser, do desejo e do prazer, como se naqueles momentos juntos, nada mais importava além para mim além de você.
Me lembro que antes de te encontrar eu ficava pensando em coisas banais, coisas pra me completar, me fazer sentir completo, entende.

Uma vez, te encontrei num shopping, lá eu te vi assim tão radiante, seus olhos eram azuis, a boca era rosada, a pele branquinha, juro que naquele momento senti vontade de te beijar, mas que controlei, já que era nosso primeiro encontrol, não queria parecer atirado, me contive até onde aguentei.

Depois de algum tempo era como se nos conhecêssemos já há muito tempo, como se já fôssemos amantes em outra vida, que coisa estranha e deliciosa. A essas alturas já sabia que tinha encontrado o amor da minha vida, alguém que poderia confiar, alquém que poderia dividir tudo, todos os momentos, todas as angústias e todas as alegrias da vida.

Mas ainda restava uma dúvida tremenda, será que você também tinha gostado de mim assim como eu tinha gostado de você? Bom, é bem verdade que seus olhos já me tinham confessado que sim, e seu jeitinho tão sereno, tão menina, só aumentava meu desejo. Por fim, resolvi arriscar um selinho daquela deusa que estava diante de meus olhos, e, pra minha surpresa a florzinha se transformou numa pantera, me agarrou e beijou com afinco, tanto que me faltou o ar. Mas foi bom, era a confirmação que eu estava esperando, que meu coração estava esperando.

Agora, sei e posso dizer ao mundo, te encontrei meu [wiki]amor[/wiki].

By Doideira 🙂

One Response to Te encontrei meu amor

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *