Vacina da gripe: veja a situação nos estados | Bem Estar

Vacina da gripe: veja a situação nos estados | Bem Estar
Rate this post


Campanha nacional de vacinação contra gripe foi prorrogada até esta sexta-feira (9). Locais que ainda têm estoque, porém, podem continuar vacinando.

Enfermeiro vacina mulher contra gripe em posto de saúde no Distrito Federal (Foto: André Borges/Divulgação)Enfermeiro vacina mulher contra gripe em posto de saúde no Distrito Federal (Foto: André Borges/Divulgação)

Enfermeiro vacina mulher contra gripe em posto de saúde no Distrito Federal (Foto: André Borges/Divulgação)

Termina nesta sexta-feira (9) a campanha nacional de vacinação contra gripe, que havia sido prorrogada pelo Ministério da Saúde na semana passada. Locais que ainda têm doses remanescentes da vacina, porém, podem continuar vacinando enquanto durarem os estoques.

Desde segunda-feira, 15 estados e o DF passaram a oferecer a vacina para toda a população, em vez de apenas para os grupos prioritários tradicionalmente contemplados pela campanha, segundo orientação da pasta.

Segundo o Ministério da Saúde, a orientação para utilização dos estoques vacinas contra a influenza em 2017 foi com o objetivo de evitar o desperdício de doses, uma vez que as coberturas vacinais estavam abaixo da meta na maioria dos estados. Na sexta-feira passada, havia cerca de 10 milhões de doses disponíveis.

“Não há recomendação de vacinar 100% da população brasileira. Todas as doses disponíveis para 2017 já foram distribuídas às unidades da federação. A medida é uma recomendação do Ministério da Saúde, mas estados e municípios possuem autonomia para aderir à orientação conforme a disponibilidade das vacinas e necessidades locais”, afirmou a pasta, em nota.

Veja a situação atual da vacinação de alguns dos estados:

Os estoques de vacina contra a gripe acabaram em postos de saúde de 12 regiões Distrito Federal e não haverá reposição, informou a Secretaria de Saúde. A imunização foi liberada para toda a população na última a segunda-feira (5) em razão da baixa procura dos grupos de risco. Nesta quarta, a pasta informou que havia cerca de 30 mil doses restantes em todo o DF.

A campanha de vacinação contra a gripe no Maranhão, termina oficialmente nesta sexta-feira. Em São Luís, de acordo com a prefeitura, a vacina estará disponível em 61 postos de saúde da rede de atendimento municipal.

No Paraná, os grupos prioritários continuarão recebendo a vacina pelo sistema público enquanto houver estoque. Além disso, o governo do estado anunciou, nesta quinta-feira, a ampliação da vacina para três grupos específicos: colaboradores e motoristas de ônibus de transporte úblico, cuidadores de pessoas vulneráveis e população em situação de rua. Esses novos grupos receberão a vacina a partir de segunda-feira (12).

Em Pernambuco, a vacinação termina nesta sexta-feira e ficou restrita aos grupos prioritários. Mesmo batendo a meta mínima estabelecida, ao atingir 90,4% dos integrantes de grupos prioritários, o estado ainda precisa vacinar 223 mil pessoas, principalmente, crianças de seis meses a 5 anos. A cobertura desse público ficou em 75%.

Em Roraima, a campanha oficial de vacinação contra gripe termina nesta sexta-feira. As doses de vacina, no entanto, seguem disponíveis nos postos até o fim do estoque para toda a população, incluindo os grupos prioritários.

Em São Paulo, onde a vacinação pelo sistema público permaneceu restrita apenas para o público prioritário na última semana, a previsão é o fim da vacinação nesta sexta-feira. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, para que a oferta da vacina para a população geral fosse possível, seria necessário que o Ministério enviasse 31 milhões de dosses extras de vacina.

No Tocantins, a procura pela vacina nos postos de saúde de Palmas e Gurupi era baixa e, após o fim da campanha, nesta sexta-feira, a vacina estará disponível para toda a população enquanto durar o estoque.



Source link

Add Comment