Homem de 46 anos morre após comer peixe baiacu no ES

Homem morreu após consumir um peixe baiacu na cidade de Aracruz
Redação BR24h.
  • Magno Sérgio passou 35 dias internado em um hospital e não resistiu no ES
  • Cerca de 45 minutos após ingerir o peixe, ele passou mal e foi internado no ES
  • Ele sofreu uma parada cardíaca de oito minutos e não conseguiu se recuperar no ES

Neste sábado, dia 27, um homem de 46 anos morreu após consumir um peixe baiacu na cidade de Aracruz, no norte do Espírito Santo. Magno Sérgio Gomes passou 35 dias internado e não resistiu às complicações do envenenamento causado pela toxina presente no peixe.

De acordo a irmã, Myrian Gomes Lopes, a vítima ganhou o peixe de um amigo no dia 22 de dezembro. No dia seguinte, os dois limparam o peixe, retiraram apenas o fígado, ferventaram o órgão e consumiram, acompanhado de limão e sal.

“A gente não sabe a procedência do peixe, se foi pescado ou ganhado. Eles limparam o baiacu e comeram. Magno nunca tinha limpado baiacu antes”, afirmou Myrian.

Cerca de 45 minutos após ingerir o peixe, Magno e o amigo começaram a sentir-se mal. Magno apresentou dormência na boca e, ao chegar ao hospital, sofreu uma parada cardíaca de oito minutos. Em estado grave, foi entubado e transferido para um hospital na capital, onde veio a falecer após mais de um mês de internação.

Baiacu
Peixe Baiacu Arara. Foto: Divulgação

Magno deixa esposa e três filhos. O velório foi realizado na Capela Mortuária de Aracruz, no bairro Jardins, e o enterro foi no Cemitério Jardim da Colina.

Myrian disse ainda que o amigo do irmão que também comeu o peixe teve alta uma semana depois. “Ele já tá em casa. Com as pernas, ele não tá andando muito direitinho. Ele foi impactado neurologicamente, mas está se recuperando”, disse a irmã de Magno.

Share This Article

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias