Filha de mulher achada morta em geladeira se passou pela mãe no Zap

A mulher foi encontrada morta dentro de uma geladeira em Maceió
Redação BR24h.
  • Filha confessou que mandou mensagem pelo WhatsApp da mãe em Maceió
  • Ela tentou encobrir o crime para familiares e amigos de Flávia Carneiro
  • O namorado da adolescente foi preso e confessou o crime em Alagoas

Uma adolescente de 13 anos foi apreendida e confessou participação no assassinato da própria mãe em Maceió. A mulher foi encontrada morta dentro de uma geladeira nesta terça-feira, dia 05. A vítima foi identificada como Flávia dos Santos Carneiro, 43.

Em depoimento, ela confessou que enviou várias mensagens através do WhatsApp da mãe para tranquilizar familiares e amigos na intenção de encobrir o crime em Alagoas.

“Ela disse que não iria trabalhar porque estava se sentindo mal e estava de atestado médico. De modo que nem os colegas de trabalho, nem familiares, nem amigos, sentiram a falta da Flávia. Acharam, portanto, que era justificável o fato de ela não estar aparecendo, quando na realidade tudo era feito pela própria filha”, disse o delegado Thiago Prado.

Um homem de 22 anos, namorado da adolescente, foi preso e confessou o crime – o pai dele também foi preso por ocultação de cadáver. Ele vai responder pelos crimes de feminicídio, ocultação de cadáver e corrupção de menor.

Um homem contratado para fazer um frete descobriu o corpo dentro de uma geladeira na manhã desta terça-feira, dia 05, em Maceió. Segundo o motorista, ele pegou a geladeira na casa do contratante, passou em uma casa para pegar o pai do homem e os dois seguiram para o suposto destino no bairro de Benedito Bentes.

Depois de procurar e não encontrar o endereço, o motorista foi orientado a jogar a geladeira fora. O eletrodoméstico foi descartado em uma área de mata. Mas ele desconfiou – já que o equipamento estava seminovo – e acionou a Polícia Militar.

Geladeira descartada em matagal em Maceió. Foto: Divulgação
Share This Article

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias