Advogada de 26 anos é morta a tiros ao sair de delegacia no RN

Brenda Oliveira foi morta após sair de delegacia com cliente no RN
Redação BR24h.
  • A advogada Brenda Oliveira e o seu cliente Janielson Nunes foram mortos a tiros no RN
  • Janielson tinha sido preso suspeito de matar um jovem em uma vaquejada em Santo Antônio
  • Os dois foram executados a tidos a cerca de 600 metros da delegacia no interior do RN

A advogada Brenda dos Santos Oliveira, 26, e o seu cliente Janielson Nunes de Lima, conhecido como “Gordinho da Batata”, 25, foram mortos a tiros nesta terça-feira, dia 30, na saída da delegacia de Santo Antônio, no interior do Rio Grande do Norte.

Brenda defendia Janielson da acusação de ter matado um jovem de 19 anos a tiros durante uma vaquejada em Santo Antônio. Os dois foram executados dentro de um carro a cerca de 600 metros da delegacia de ontem tinham acabado de sair no Rio Grande do Norte.

Os dois foram atingidos por vários disparos de arma de fogo e, em seguida, o carro onde estavam colidiu contra um ônibus. Os dois morreram no local – os suspeitos fugiram após o duplo homicídio, segundo a Polícia Militar.

Janielson tinha sido preso em Arez e conduzido para a Delegacia de Santo Antônio. Mas ele acabou liberado por não existir mandado de prisão e nem flagrante, segundo a Polícia Civil.

A Ordem dos Advogados do Brasil do Rio Grande do Norte requereu ao secretário estadual de Segurança, Coronel Francisco Araújo, o acompanhamento rigoroso das investigações, e também designou que uma comissão monitore o inquérito policial. A entidade também informou que vai prestar assistência à família de Brenda.

Janielson e Brenda
Janielson Nunes e a advogada Brenda Oliveira. Foto: Divulgação

Vaqueiro

Um jovem de 19 anos identificado como João Victor Bento da Costa, foi brutalmente assassinado a tiros no último domingo, dia 28, durante uma vaquejada João Victor foi brutalmente assassinado a tiros em uma vaquejada no Rio Grande do Norte.

De acordo com a Polícia Militar, João Victor estava participando da corrida com sua equipe e, por volta das 5h, se afastou do grupo e foi alvejado por pelo menos três tiros efetuados por duas pessoas que se aproximaram em uma moto em Santo Antônio.

João Victor Bento da Costa
João Victor Bento da Costa. Foto: Divulgação
Share This Article

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias